Terça-feira, 12 de Dezembro de 2006

les amants

Mármore de Auguste Rodin em Musée Rodin

De dois somos um só, um núcleo, um clã

Suspensos no nó macio, oitavo fio de lã

 

De dois, somos bem mais

Em esforços, espaços, passos, ideias

Pintamos telas, outras aguarelas

Ávidos de vidas e aventuras demais

 

De dois, somos um só, um berço, um sol

Livres no silêncio, soltos num lençol

 

De madrugadas amarguradas,

E fins de tarde enternecidos

Serões mais serenos que palavras prometidas

 

Em dois somos bem menos, de mar revoltas marés

Amados, não temos nada que dois mundos aos nossos pés.

 

no espelho da Princesa às 15:40
o outro lado do espelho | deixa o teu reflexo | espelha-me
23 comentários:
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 21 de Dezembro de 2006 às 10:53
Ora viva!

A Cara escreve com pouca assiduidade mas isso em nada afecta o prazer com que leio tudo o que escreve. Pelo menos, consegue sempre cativar-me com as suas palavras.

Um abraço...
shakermaker
De Secreta a 20 de Dezembro de 2006 às 10:15
Olá.
Hoje passo para desejar boas festas. Tudo de bom.
Beijito.
De Afonsinetes a 19 de Dezembro de 2006 às 15:51
Concurso Afonsilírico

Inscreve-te para concorreres o teu texto lírico ao melhor de sempre!
Basta ires a www.otherplaceofmind.blogs.sapo.pt deixares num comentário o teu blog de inscrição para que eu, afonsinetes, te visite e analise os teus textos, faça uma selecção do melhor desse conjunto e publico no blog onde te inscreveste. Os visitantes farão uma votação de 1 a 20, votação essa que irá decidir o campeão dos afonsiliricos.
Boas festas!
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 19 de Dezembro de 2006 às 11:56
Ora viva!

Hoje não venho comentar nem tão pouco ler. Deixo isso para outro dia, com todo o gosto.
Vim apenas fazer publicidade descarada e como já estou naquela fase em que faço tudo o que me apetece e todos me ignoram pois já estão habituados, então cá vai...
Começou a atribuição dos blogjobs do shakermaker.
Por isso, já pode confirmar se foi um dos contemplados com tão desprestigiante galardão.
Atenção: não tome isto como desconsideração. Afinal, isto é apenas uma brincadeira e se não fosse um visitante quase assíduo deste blog não viria aqui de todo.
Já agora, aproveito também para lhe desejar Boas Festas!

Um abraço...
shakermaker
De maresia-mar a 18 de Dezembro de 2006 às 16:16
Só um coração apaixonado consegue escrever assim.

Aproveito para desejar que este ano o Natal aconteça no teu coração. Feliz Natal.
Entre o Natal e o Ano Novo vou ter umas mini férias por isso desejo que 2007 te traga amor, harmonia e muitos sorrisos. Beijos

De Magia a 18 de Dezembro de 2006 às 12:12
Um mais um é igual a dois...
Dois amantes mais duas paixões é igual a um...
Amor mais amor é igual a um mundo...

Um mundo de dois Amantes mais duas paixões é igual ao encontro connosco no outro!

Uma beijoka grande para ti Princesssss

Cheers
De su a 18 de Dezembro de 2006 às 02:02
...porque se trocam números e contas por palavras e textos e acrescentam-se emoções e sentimentos e obtém-se vidas inteiras que nunca deixam de passar por nós em jeitos de celebrações...a felicidade incontida nas palavras bate mais depressa do que o coração...

: )

E parece que andamos em sintonias a "fazer" contas querida amiga...saudosa...aqui fica também uma conta minha que dediquei a alguém que o sabe:

"Um quarto da lua
Na soma das metades
A minha outra parte
Com a parte que é a tua
Em adição crescente
Transcendendo todas as operações
Físicas ou matemáticas
Conhecidas na Terra ou no Céu
No dia que se despe
No corpo da Noite.
Uma gota de água
Que se revolve em oceanos
Na costa que avança
Da terra do teu corpo.
Conta continua
Superando qualquer sinal
Desenhado nos traços do igual.
O meu passo atrás
O teu passo à frente
É outra questão de perspectiva
De quem abraça ou é abraçado:
Estamos voltados para o mesmo lado.
Uma frase decomposta
Numa tua palavra
Ou numa minha palavra
Têm o mesmo significado
Quando se pede a tradução.
Mas quem a pedir
Não acerta nesta mágica soma
Aparentemente inacabada
Porque no intervalo aberto
Só conhece estes códigos
Quem respeita, ignorando,
A solenidade destas regras:
Fechadas no infinito
Do uníssono partilhado
Entre estes dois bater de corações
Que de, supostamente, dois
Se faz, logicamente, um.
Conta terminada:
Eu e Tu."

xxx

Já viste que este género de somas dá sempre um único resultado?!
; )

Beijo saudosos aqui da Teia recém a despertar...
De diabinho a 17 de Dezembro de 2006 às 12:28
Huuummmmm....
De dois voltaram a ser dois?
No amor os dois são dois e um ao mesmo tempo, não uma simbiose perfeita da união, mesmo que não estejam lado a lado num determinado momento...

Beijinhos
De Daniel Aladiah a 16 de Dezembro de 2006 às 18:42
Festas felizes!
Um beijo
Daniel
De Vlad a 15 de Dezembro de 2006 às 23:33
Não sei se escreveste o poema inpirada na escultura do Rodin mas ele bem poderia ter feito a escultura inspirado neste belo poema ;)
Muito inspirador mesmo Princesa
Beijinhos

deixar um reflexo...

Não me sai da cabeça...

Coisas que eu sei
Danni Carlos

Espelhos meus

Dezembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Últimos reflexos

nua

presságio

SOS d'un terrien en détre...

tentação

clepsidra

todos os sonhos...

Outros espelhos

Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31