Terça-feira, 24 de Julho de 2007

clepsidra

Aquarela de Joan Miró

 

"...Chega sempre um momento em nossa vida, em que precisamos desesperadamente

de simplicidade.

 

Aquele instante em que tudo deixa de fazer sentido, em que só resta uma verdade: somos  grão de areia no espaço, gota de àgua na clepsidra do tempo.

Chega a hora do cansaço, será que devorámos a vida? Será que é ela quem te devora?

Apenas restam as coisas miúdas, um sorriso, uma fotografia, um perfume no ar...uma planta là fora, uma flor seca dentro das páginas de um livro.

 

Chega sempre um momento em nossa vida, em que precisamos desesperadamente

de simplicidade...".

 

 

 

 

 

no espelho da Princesa às 09:26
o outro lado do espelho | deixa o teu reflexo | espelha-me
21 comentários:
De somentebia a 13 de Agosto de 2007 às 14:49
Vim agradecer tua atenciosa visita e fiquei passeando por entre teus belos e sensíveis poemas, adornados por tão significativas imagens. Nesse teu refúgio respira-se uma terna e insinuante poesia. Prometo voltar!

Ficam pétalas de mimosas flores e um beijo no teu coração.
De alexiaa a 5 de Agosto de 2007 às 22:41
Tambem já me tinha perguntado por onde andavas...
Afinal era simples...não estavas, estas agora!

Beijo
De carteiro a 5 de Agosto de 2007 às 18:08
Talvez o caminho para essa simplicidade não esteja muito longe! Ainda assim somos levados a pensar que não é fácil encontrá-lo, já que a essência do que somos, bem escondida no nosso coração, já foi coberta com as mais diversas e distintas camadas. Ainda assim, a meta não está longe.
De su a 3 de Agosto de 2007 às 03:39
...vim deixar um beijinho de fim-de-semana e "espreitar" a ver se já havia novidades!
Muitas palavras!

;)
De Manuel a 2 de Agosto de 2007 às 22:37
Olá.
Neste momento desejar que a felicidade esteja contigo.
Um beijinho.
Manuel
De Serpente emplumada a 2 de Agosto de 2007 às 21:00
Princesa, que saudade... Simplicidade é a terna natureza das coisas, a maneira mais feliz de viver... o mundo não é humano, é simplesmente Natural. bjinhos
De Ticha *(-_-)* a 1 de Agosto de 2007 às 11:02
Olá Princesa,

Há quanto tempo!!
Gostei do teu texto, simplesmente lindo!

Bjokas com carinho *(-_-)*
De Ana_Boxexas a 31 de Julho de 2007 às 23:52
Querida Princesa, parabéns pela música que acompanha as tuas palavras.. é, na sua simplicidade, fenomenal! Eu acredito que o belo da vida está na simplicidade das coisas.. são elas que nos dão alento, que nos trazem sorrisos, saudade, imensidão.. nos momentos mais simples, com as coisas mais simples, a vida não consome nem é consumida... e tudo parece belo e eterno... agarra, pois, a simplicidade! =) beijo enorme*
De MJose a 30 de Julho de 2007 às 21:46
Olá !!!!
Que bom chegar e sentir esta simplicidade de que falas!!
Deixa que transcreva umas palavras...

"...Isso porque a simplicidade não é feita de demonstrações exteriores.
Ela é um estado de espírito.
Não precisamos nos vestir de trapos, nem abrir mão de uma vida normal para ser pessoas simples.
A simplicidade está em viver a vida sem exigências descabidas.
Quem opta pela simplicidade, descomplica o dia-a-dia.
(...)"

Lindo o post, a musica e as palavras.
Por isso volto mesmo que seja apenas para ouvir a musica e reler...
Sempre bom parar por aqui um pouco.
Fica bem.
Beijinhos

De Miguel a 30 de Julho de 2007 às 13:05
Por onde andaste? :)

Fica bem,
Miguel

deixar um reflexo...

Não me sai da cabeça...

Coisas que eu sei
Danni Carlos

Espelhos meus

Dezembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Últimos reflexos

nua

presságio

SOS d'un terrien en détre...

tentação

clepsidra

todos os sonhos...

Outros espelhos

Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31